segunda-feira, 9 de fevereiro de 2009

Abalos sísmicos: terremotos e maremotos

ABALOS SÍSMICOS são as vibrações propagadas pelas rochas da Litosfera sempre que as placas tectônicas se movimentam rapidamente. Quando acontecem em áreas de continente são chamados de TERREMOTOS, quando acontecem em fundo marinho, são os MAREMOTOS. Neste último caso, podem ocasionar TSUNAMIS.

Tsunami é palavra de origem japonesa que denomina as grandes ondas originadas pela propagação das vibrações na água do mar, uma catástrofe de extraordinária violência que acontece em zonas costeiras. A causa mais freqüente para tsunamis são terremotos no assoalho oceânico; mas também podem derivar de erupções vulcânicas submarinas ou de explosões causadas por gases acumulados no subsolo do oceano.

Os abalos sísmicos mais intensos são os que acontecem nas bordas de placas tectônicas convergentes. Os terremotos e maremotos podem ocasionar conseqüências desastrosas se seu epicentro (veja texto adiante) atingir áreas populosas. No mundo todo, ocorrem mais de 800.000 terremotos por dia, a maioria de pequena intensidade e atingindo áreas rurais com pouca população ou desabitadas.

Epicentro é o local de origem do deslocamento, que pode ser em profundidades diversas.

Na verdade, um terremoto causa desabamentos de prédios, viadutos, rodovias, bem como pânico nas pessoas, o que pode provocar mortes, além dos danos a patrimônios. Podemos dizer que um terremoto por si só não mata ninguém, a menos que a pessoa esteja passando no exato local onde uma fratura está se abrindo. Você lembra da Lois Lane no filme Super-homem 1? Ela cai na fratura aberta por um terremoto mas o Super-homem a salva, segurando as paredes da fratura!!!!

Embora no Brasil não tenhamos limites de placas atualmente, tivemos no passado geológico (há centenas de milhões de anos atrás), quando nosso continente estava em formação. Sobre os terremotos que acontecem no Brasil atualmente e suas causas, leia um texto meu no endereço: http://www.sinpronoroeste.org.br/artigo_ver.php?COD_ARTIGO=126. ou o texto neste blog.

Algumas situações problemáticas estão sendo discutidas nos últimos anos, como o caso da cidade de Cubatão, importante centro industrial da Baixada Santista, no estado de São Paulo, que está situada sobre uma falha geológica que ganhou seu nome e foi descoberta em 1987. O município situa-se na Unidade de relevo Serra do Mar, que faz parte dos grandes conjuntos de rochas mais antigas do território brasileiro. O fenômeno foi estudado pelo professor e geógrafo Cesar Cunha Ferreira. Veja no endereço eletrônico http://www.novomilenio.inf.br/cubatao/ch055.htm, os esquemas que explicam o estudo feito por FERREIRA.

Fica uma grande dúvida: esta falha geológica pode causar graves conseqüências se for reativada, ou seja, se a propagação das vibrações de terremotos atuais poderão fazer com que haja movimentação e oscilação na superfície na região? Quais conseqüências decorreriam deste fato?

Se quiseres ter uma pequena noção de como é a sensação de um terremoto de baixa intensidade, pare sobre uma ponte grande e espere um caminhão pesado passar por esta ponte... Ou visite o Museu de Ciência e Tecnologia da PUC-RS em Porto Alegre, onde encontramos uma simulação de terremoto: após apertar um botão, a “casa” trepida, vibra como se fosse atingida por um terremoto

No sítio eletrônico http://www.apolo11.com/terremotos.php você pode ver a localização e um pequeno texto sobre os últimos terremotos que acontecem no Brasil e no mundo. E no endereço http://www.apolo11.com/richter.php você encontra explicações sobre as escalas de medida da intensidade de terremotos Richter e Mercalli, bem como noticiário sobre os terremotos acontecidos no mundo nos últimos dias.

23 comentários:

  1. va caga vcs isso é um bando de bosta......

    ResponderExcluir
  2. eu achei muito boa essa pesquisa

    ResponderExcluir
  3. Gostei, me ajudou muito na minha pesquisa escolar.

    ResponderExcluir
  4. muito bem gostei pesquisa valeu aqui no brasil vai te terremoto

    ResponderExcluir
  5. todo mundo faz essa pergunta, vai ter terremoto mesmo, será que o fim do mundo vai ser realmente em 2012?

    ResponderExcluir
  6. adoreei a pesquisa me ajudo muito em algumas atividades

    ResponderExcluir
  7. vaLEU AMIGOS PELA PESQUIZA o fim do mundo em 2012

    ResponderExcluir
  8. fim do mundo em 2012 ate a morte

    ResponderExcluir
  9. e massa vo tira dez nesse trabalho vai se 10

    ResponderExcluir
  10. serviu muito
    obrigada

    ResponderExcluir
  11. bom para a pesquisa da escola

    ResponderExcluir
  12. É muito bom paa pesquia de escolas, eu tirei dez na pesquisa

    ResponderExcluir
  13. ADOREI MUITO BOM

    ResponderExcluir
  14. Fico feliz de os texto serem úteis pra vocês!!!

    ResponderExcluir
  15. adorei,tenho muitas duvidas sobre fim de mundo...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não se estresse, nosso planeta ainda tem condições de sobreviver por diversos milhões de anos.

      Excluir
  16. Eu gostei espéro que eu leve um 10 na escolla

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. nao serve pra mim estou fazendo porque vale nota

      Excluir